Por que Jesus morreu na cruz?

[ O conteúdo do artigo é protegido por Plagiashield ]

Por que Jesus morreu na cruz? O que é a morte na cruz? Qual foi seu significado para os cristãos?

Crucificação era um tipo de pena capital usada nos tempos antigos pelos persas, entre outros, RomanosA execução dos direitos humanos, dos fenícios e dos cartagineses, como forma de execução desonrosa sobre escravos, rebeldes e outros que não eram cidadãos plenos. A pena de morte da cruz foi abolida em 337 d.C. pelo Constantino O Grande. Curiosamente, o decreto abolindo a crucificação foi motivado pelo respeito pela morte do próprio Jesus. Cristo.

Supõe-se que a morte da cruz e a grande paixão de Cristo foi necessária para redimir e satisfazer a justiça de Deus. Isto, entretanto, não é bem verdade, pois a morte e a paixão não podem ser vistas como o meio de um certo pagamento de uma obrigação. É apenas localização para considerar que Deus Assim, ele trouxe à sua frente pessoas que estavam distantes dele, que foram rejeitadas e cortadas. Crucificação é, portanto, um símbolo de reconciliação. Libertando as pessoas das correntes do pecado. Morte Filho de Deus é realmente uma reconciliação entre Por Deus e as pessoas. Abre um novo capítulo e abre o caminho para que todas as pessoas venham perante o Senhor. De acordo com do Novo Testamento Deus não uma com o mundo, mas Deus um mundo com ele mesmo, pois foi o homem que se afastou Deus. Portanto, tal evento era necessário e é uma espécie de símbolo de purificação. Não se trata aqui de qualquer expiação ou pagamento de dívidas. E não esqueçamos que a condenação de Jesus a tal morte foi feita por homens dotados de livre arbítrio.

[ O conteúdo do artigo é protegido por Plagiashield ]