Jesus era uma figura histórica? Jesus realmente existia?

[ O conteúdo do artigo é protegido por Plagiashield ]

Estas são perguntas que muitos cristãos se perguntam. A resposta, é claro, é muito simples. E é, Jesus realmente existiu, caminhou por nossa terra. Jesus é como uma figura histórica.

Jesus Cristo nasceu c. 8-4 a.C. em Belém. Ele morreu por volta de 30 ou 33 D.C. em Jerusalém. De acordo com a Bíblia (e mais especificamente com a O Novo Testamento) Jesus nasceu como um filho Mariaque se casou Joseph. O Sacramento do Batismo foi administrado por Janmais tarde chamado de Batista.

Sobre a existência real do personagem Jesus A pesquisa tem sido conduzida há muitos anos. Há 3 ondas principais delas. A pesquisa mais recente começou na década de 1970. A vida de Jesus está muito bem documentada tanto em fontes cristãs como não cristãs. Considerando o período em que ele viveu, estas fontes são bastante precisas. Os fatos mais comuns da vida de Jesus que têm sido reconhecidos pelos historiadores são ambos batismo via São João Batista e, acima de tudo, ser condenado à morte por Pôncio Pilatos e a crucificação de Jesus. Os fatos básicos dados por Evangelho também se encontram com a aprovação dos historiadores. Estes fatos incluem, entre outros, o período em que o Jesus Cristo. Este é o período do reinado Herodes. O fato de Jesus ter sido preso em Jerusalém parece ser igualmente autêntico. Tudo isso também tem a ver com a convicção Sr. até a morte em uma cruz. A morte na própria cruz era uma punição comumente usada pelos romanos na época. Grandes inconsistências surgem, entre outras coisas, no âmbito do local de nascimento Cristo. Muitos historiadores apontam unanimemente para Nazaréenquanto a Bíblia nos fala de um nascimento em Belém. Entretanto, estas são considerações que apenas confirmam a autenticidade do caráter Sr. Jesus.

Menos certos fatos, porém, que também são aceitos como verdadeiros pela grande maioria dos historiadores, são, por exemplo, o fato do chamado dos apóstolos, ou pelo menos o conflito com o Templo (a chamada purificação do templo). De acordo com estudiosos, a área de operação também concorda Sr. Jesus como ela era Galiléia (do qual Jesus veio) e, mais notavelmente, em tempos posteriores, Judeia.

Ao longo de todas estas reflexões, foram desenvolvidas cinco grandes imagens descrevendo Jesus do ponto de vista da história.

  • Profeta apocalíptico - Jesus é mostrado como profetaque quer preparar os judeus para os próximos tempos finais.
  • Um curandeiro carismático - Jesus foi encontrado nesta visão como sendo pacífico homem de espíritoum místico ou visionário que é conhecido por curar
  • Filósofo - cínico - Jesus é visto neste caso como um sábio e filósofo itinerante que deve pregar uma mensagem radical de derrubar a comunidade hierárquica existente da sociedade da época. Todos os bens de Jesus cabem em uma mala de viagem, e ele mesmo não possui nada e é um homem livre.
  • Judeu messiah - Jesus vem para anunciar aos judeus o fim de de exílio espiritual e inaugurar uma nova era na qual Deus é consertar o mundo com acredite de seu povo
  • Profeta mudança social - Jesus no quadro é retratado como aquele que quer minar toda a estrutura social da época. Entretanto, isto não está relacionado com o próximo apocalipse

Ambos de acordo com historiadores eruditos, como Geza Vermes, John P. Meier, E.P. Sanders bem como muitas pessoas leigas importantes e igrejaa não há dúvidas sobre isso se Jesus existia e se Jesus é uma figura histórica.

[ O conteúdo do artigo é protegido por Plagiashield ]